O Arco do Triunfo

Com uma altura de 50 metros e um comprimento de 45 metros, o Arco do Triunfo ostenta a sua imponente silhueta na extremidade oeste da célebre Avenida dos Campos Elíseos. Iniciado em 1806 por Napoleão I para celebrar a glória dos heróis de guerra, o Arco do Triunfo é inaugurado trinta anos depois no reinado de Luís Filipe, que o dedica aos exércitos da Revolução e do Império. Entre estas duas datas, a construção do monumento conhece várias peripécias que poderão ser descobertas durante a visita ao museu do Arco do Triunfo. Instalado dentro do edifício, o museu propõe animações multimédia que ajudam, nomeadamente, a perceber a história do monumento e a admirar mais em pormenor as esculturas menos acessíveis.

Símbolo patriótico
Monumento histórico, o Arco do Triunfo é também um símbolo patriótico. Na sua base encontra-se, desde 1921, o Túmulo do Soldado Desconhecido da Primeira Guerra Mundial. Para homenagear a sua memória, bem como a de todos os soldados mortos em combate, uma Chama da Memória arde no seu túmulo desde 1923. Por tradição, a chama é reacesa diariamente às 18h30.